19/02/06 - 21h:50mDenunciar

Enílton desencanta e Palmeiras reencontra Vitória

Enílton desencanta e Palmeiras reencontra Vitória



Gazeta Esportiva



Contratado junto ao Juventude com fama de artilheiro, Enílton passou sete jogos em branco com a camisa do Palmeiras antes de desencantar na tarde deste domingo. Jogando dentro de casa diante do São Caetano, o Palmeiras venceu por 4 a 0 com dois tentos do centroavante, que ainda colaborou no último gol e deixou o gramado ovacionado.

A vitória sobre o time do ABC encerra um incomodo jejum alviverde. Desde que o técnico Emerson Leão retornou ao Parque Antártica em julho do ano passado, o Verdão nunca tinha passado quatro jogos sem vencer. Antes de bater o Azulão e acabar com a melhor defesa do Campeonato Paulista, foram tropeços contra São Paulo, Guarani, Bragantino e Cerro Porteño.



Mesmo dominado, o Azulão teve a chance de sair na frente em cobrança de pênalti e desperdiçou. Enílton não perdoou e marcou seus dois primeiros gols ainda no primeiro tempo. Marcinho anotou o terceiro em nova penalidade no início da etapa complementar e Paulio Baier fechou o placar.



Com este resultado, o Palmeiras chega aos pontos 20, na quarta colocação. O Verdão volta a campo contra o Noroeste. O São Caetano fica com os mesmos 17 pontos, no sexto lugar. O Azulão enfrenta a Portuguesa na próxima rodada.



O Jogo - Com Paulo Baier flutuando pelo campo de ataque, o Palmeiras tomou a iniciativo no começo do jogo. O Verdão assustou logo no primeiro minuto. Márcio Careca limpou a jogada pela esquerda e cruzou na medida para cabeçada firme de do camisa 2. Bem posicionado, Sílvio Luiz cedeu escanteio.



Antes de acertar o primeiro chute no gol, o São Caetano conseguiu descolar um pênalti. Marcelinho recebeu pela esquerda nas costas de Douglas, Marcinho Guerreiro chegou de carrinho e o árbitro marcou pênalti. Anderson Lima correu para bola e protagonizou a pior cobrança da história do futebol.



O Palmeiras cresceu ainda mais após o pênalti bisonho do lateral azulino e conseguiu sair na frente aos 14 minutos de jogo. Correa cobrou falta dentro da área e Enílton apenas escorou para o fundo das redes. Em posição duvidosa, o atacante comemorou bastante seu primeiro gol com a camisa alviverde.



Sem ser ameaçado, o Palmeiras manteve a pressão e chegou ao segundo sem fazer muita força. Aos 34 minutos, Edmundo arrancou pelo meio e deixou Enílton na cara do gol. Livre de marcação, o atacante fuzilou o goleiro Sílvio Luiz com a perna esquerda e retribuiu a assistência do Animal com uma abraço.



Generoso, Edmundo deu mais um gol de presente cinco minutos antes do final da etapa inicial. Marcinho Guerreiro subiu pela esquerda e rolou para o Animal, que dominou e enfiou para Marcinho. Completamente sozinho, o camisa 11 tentou deslocar o goleiro e mandou para fora.



O Palmeiras continuou mandando no segundo tempo e ampliou a vantagem aos 14. Correa interceptou passe no meio-campo e enfiou para Enílton, que invadiu a área e cavou a falta. Depois de entrar em acordo com Emundo, Marcinho foi para a cobrança e mostrou como se bate um pênalti.



Sérgio teve que trabalhar um pouco na metade do segundo tempo. Aos 25 minutos, Márcio Richardes arriscou de fora da área e o goleiro alviverde colocou para escanteio. Instantes mais tarde, Anderson Lima cruzou para cabeçada do mesmo Márcio Richardes e o experiente arqueiro espalmou com a ponta dos dedos.



O Palmeiras fechou o placar aos 31 do segundo tempo numa jogada que serviu para corar a atuação de Enílton. O atacante ganhou de Claudecir na velocidade e recuperou uma bola perdida pela esquerda. Ele invadiu a área e chutou para defesa de Sílvio Luiz. Paulo Baier pegou o rebote e colocou para dentro.



Ficha Técnica: Palmeiras 4x0 São Caetano



Local: estádio do Parque Antártica, em São Paulo (SP)

Data: 19 de fevereiro de 2006, domingo

Horário 18h10 (Brasília)

Árbitro: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral

Assistentes: Paulo Sérgio Breghiroli Garcia e Edvânio Ferreira Duarte.

Cartão amarelo: Enílton, Douglas, Correa (PAL); Claudecir, Thiago, Cléber, Márcio Richardes e Marabá (SC)

Público: 11.914 pagantes

Renda: R$ 192,925,00

Gols:

PALMEIRAS: Enílton, aos 14 e aos 34 do 1 Tempo, Marcinho, aos 14, e Paulo Baier, aos 31 do 2 Tempo

PALMEIRAS: Sérgio; Paulo Baier, Douglas, Gamarra e Márcio Careca; Marcinho Guerreiro, Correa, Marcinho (Cláudio) e Ricardinho; Edmundo (Leonardo Silva) e Enílton (Washington).

Técnico: Emerson Leão.



SÃO CAETANO: Silvio Luiz; Ânderson Lima, Thiago, Cléber e Triguinho; Zé Luis, Claudecir (Paulo Miranda), Marabá, Leandro Lima (Márcio Richardes) Marcelinho; Igor (Dimba).

Técnico: Nelsinho Baptista.



ORGULHO DE SER PALMEIRENSE



_________________ __________________________ ___________________



email: flogãopalmeiras@yahoo.com.br

msn: flogaopalmeiras@hotmail.com



Não deixe de colaborar, mande sua crítica, sugestão e contribuição para nosso email



Obs: Não respondam aos gambás e bambis que comentam aqui, se eles comentam é mais um prova do quanto somos grandes e incomodamos. Os comentarios serão deletados o mais rápido possível.

Comentários (0)

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.