31/07/04 - 01h:01mDenunciar

"Talvez o silencio nunca me perdoe por ter dito que te amo"

AMOR IMPOSSIVEL



Todas as noites eu te desejo.

Quero-te, porém, apenas para mim

Pois eu mereço seus encantos e maldições.

Todas as noites, penso em possuir-te.

Tuas seduções são, para mim, feitiçarias

Oh, bruxo! Como te quero!

Te quero, de um modo que poderei ter-te para a eternidade,

Não temo seu sangue

Nem teus breves pensamentos

Temo apenas que fiques longe de meu corpo.

Todas as noites, penso em ti.

Imagino seus olhos a olhar-me,

Suas mãos a tocar-me,

Seus lábios a beijar-me

Ah! Seus lábios!

Doces e misteriosos, como tu.

Por que estás tão longe?

Por que estás tão fora de meu alcance?

Eu sei o que acontecerá esta noite, posso contar-te?

Todas as noites desejo-te

penso em possuir-te,

penso em teu corpo.

Mas, esta noite será diferente.

Brevemente esqueci de meu espírito, e este irá hoje até tu

Matará teu lindo corpo, para que eu não pense mais nele

E tu virás ao meu encontro,

Como um corvo ao encontro da escuridão

E meu espírito matará o corpo que me abrigou durate todos estes anos

E viveremos, enfim, até que a vida nos separe

Meu distante feiticeiro...

Comentários (0)

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.