02/02/06 - 15h:49mDenunciar

Esta foto foi tirada em 2004 é uma das fotos que mais gosto

O livro de Oséias: infidelidade do Povo.



A mensagem do profeta tem duas características principais:

*o seu zelo na condenação do pecado de israel, visto como tinham os israelitas abandonado a adoração ao Senhor, caindo na idolatria -

*e o grande desejo que manifestou pelo arrependimento dos pecadores para receberem o perdão de Deus.

Podemos resumir o conteúdo do livro da seguinte maneira:

l. os caps. 1 a 3 apresentam um quadro descritivo das relações existentes entre o Senhor e o Seu povo, sob a figura de uma mulher, que foi infiel a seu marido - mas essa mulher foi por ele arrancada, porque lhe tinha grande amor, da companhia do seu amante, e a admitiu novamente em casa, esperando que ela, mergulhada na sua dor, se arrependesse, a fim de que se realizasse entre os dois uma perfeita comunhão.

Para tornar mais vivamente real a narrativa, acham-se nesta incorporadas as próprias experiências do Profeta, passadas ou na sua vida doméstica, ou em sucessivas visões em que ele próprio toma a parte do marido atraiçoado.

2. os caps. 4 a 14 encerram vários discursos proféticos, que foram proferidos em tempos diferentes, desde a última parte do reinado de Jeroboão ii até certo tempo, que precede em curto intervalo a queda de Samaria.

os principais tópicos são várias vezes repetidos - o culto do bezerro em Betel - as desmoralizadoras idolatrias dos lugares altos - a conseqüente corrupção moral dos sacerdotes e do povo - o procedimento desleal e infiel do povo nas suas alianças pagãs, ora com a Assíria, ora com o Egito.

oséias passa sem interrupção da severa acusação para uma terna repreensão - e esta é seguida de repetidos e amorosos apelos, com promessas de restauração, expostas na mais patética linguagem. E a conclusão é uma passagem de grande beleza, em que a melancolia e aparente dureza dos precedentes traços são substituídos por descrições de excelente suavidade, que lembram os Cantares de Salomão.

o estilo do profeta é veemente e desordenado, conservando um pouco aquele formal paralelismo, característico da poesia hebraica.

Há muitas referências aos acontecimentos que se narram no Pentateuco, Josué, Juizes e Samuel - e nota-se certa correspondência com passagens do livro de Amós.

As citações de oséias no N. T. são: o Filho do Senhor, chamado do Egito (11.1), Mt 2.15 - rejeição e restauração (1.10 e 2.23), Rm 9.25,26 e 1 Pe 2.10 - a grande declaração ‘misericórdia e não sacrifício’ (6.6), Mt 9.13 e 12.7 - e a promessa da destruição da morte (13.14), 1 Co 15.55,56.

Comentários (1)

jeha
1. jeha 3/02/06 16:26

oi Gui...outro mega hiper master bjão.......te amo amiga...domingo é nóis......Dy.

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.