13/07/05 - 20h:49mDenunciar

saudade desse lugar...

Que poder é esse e o que é que eu fiz?

Que desejo é esse que eu sempre quis?

Fez-se paraíso dentro de mim

Mas choveu granizo no meu jardim



Quero quase amor, tipo casual

Atravessa a dor e não fica mal

Eu fui condenado sem ter juiz

Me senti culpado de tão feliz



Um físico desafiou:

"Como que o sentimento pode o tempo atravessar"

Um cínico dissimulou:

"Isso vai passar..."



Um místico profetizou:

'Tava no seu caminho escrito e não se apagará'

Um lírico poetizou:

"Dá pra ver no ar!"



Quero quase amor, tipo casual

Atravessa a dor e não fica mal

E eu fui condenado sem ter juiz

Me senti culpado de tão feliz





Isso é pra usar, é de sinceridade

Eu morro de pensar, fico na vontade

Mas se o que você diz já não é verdade

Que maldade...



girafinha

Comentários (0)

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.