19/05/05 - 01h:18mDenunciar

TRISTANIA - Para brasileiro ver...

Se hoje são lançados quilos de bandas que fazem gothic metal e ostentam o famoso contraponto vocal feminino lírico/masculino gutural, além de se valer de diversas passagens orquestrais, um dos responsáveis por isso atende pelo nome de Tristania. Afinal, no ano que vem a banda completa uma década de existência e, ao longo de sua trajetória, ajudou a criar uma legião de seguidores. Já são quatro álbuns lançados, sendo que World Of Glass, de 2001, colocou Vibeke Stene (vocais), Østen Bergoy (vocais), Anders Hidle (guitarra), Rune Østerhus (baixo), Einar Moen (teclados e programações), Kenneth Olsson (bateria) e Kjetil Ingebrethsen (vocais extremos) numa longa turnê mundial, que contou, inclusive, com uma passagem pelo Brasil, há três anos.

Agora, após um intervalo de quatro anos, o Tristania lança seu novo disco, Ashes, que mostra uma enorme evolução da banda em termos criativos. Às vésperas de voltar ao Brasil para três shows no mês de março (2005), juntamente com o Kreator, Kjetil conversou com a Rock Brigade e falou sobre o novo álbum: "Nós estamos muito orgulhosos dele, acho que é o disco mais pesado de nossa carreira", diz ele. "E a repercussão tem sido ótima, estamos muito felizes com os comentários que temos ouvido da imprensa e dos fãs."

Sobre a evolução técnica que se percebe nitidamente no novo trabalho, ele comenta que "cada disco, para nós, representa uma busca por evolução, tanto técnica como musical. Além disso, dessas vez pudemos trabalhar num estúdio melhor, o que refletiu na qualidade sonora." Kjetil diz, também, que esse é o disco em que o trabalho da banda traz o maior elenco de referências oriundas de outros estilos: "Nós procuramos lançar mão de todas as nossas influências, fossem elas de death metal, black metal ou música clássica." Mas ele concorda que o black acabou ganhando um lugar de destaque em Ashes: "Sim, há várias partes que soam como black metal porque são muitas as passagens mais agressivas."

Outro detalhe que se nota facilmente no disco é que a participação de Vibeke foi reduzida em comparação aos álbuns anteriores. "Nós três [ele, Vibeke e Østen] procuramos dividir os vocais em três partes, o que fez com que várias músicas contassem com linhas vocais diferentes." Diplomata, ele conclui: "Acho que isso acabou gerando um excelente resultado, independentemente de alguém ter cantado mais ou menos do que outro."

Por falar em Vibeke, ela aparece com aparência renovada nas fotos promocionais de Ashes. Ético, Kjetil diz não saber o que ela teria feito de especial para entrar em forma, mas garante que de um péssimo hábito Vibeke abriu mão: "Na verdade, ela parou de fumar. E eu também parei, há cerca de um ano, porque sei o quanto isso faz mal para a voz." E ele confessa que sentiu a diferença: "Sem dúvida, isso me ajudou muito enquanto vocalista, foi uma coisa muito boa para mim."

Ashes marca, também, o maior intervalo entre dois discos do Tristania, já que o álbum anterior, World Of Glass, saiu há quatro anos. "Nós fizemos uma turnê muito longa para promover o último trabalho, ficamos quase um ano na estrada. Quando acabou, precisamos de um tempo para escrever o novo disco, além de termos precisado de algum tempo para nós, para descansar." Só que, mal completou a gravação do disco novo, a banda já caiu novamente na estrada para uma turnê européia como Therion, antes mesmo de Ashes chegar às lojas. Mesmo assim, o grupo já colocou umas poucas músicas dele no repertório do show. Kjetil comenta que a reação do público em relação a esses novos temas foi "diferente, já que eram músicas que os fãs nunca tinham ouvido. Mas, pela reação durante a execução das músicas e pelos comentários que faziam conosco depois dos shows, acho que os fãs gostaram."

O vocalista não esconde a animação com a perspectiva de voltar para o Brasil: "Nós estávamos há muito tempo querendo tocar novamente na América do Sul", jura ele. "Passamos uma ótima temporada no Brasil na última vez em que tocamos aí, os fãs brasileiros são maravilhosos. Queríamos muito voltar, acho que vai ser muito legal." Nem o fato de o Tristania se apresentar junto com o Kreator, banda que, obviamente, arrastará outro público para o show, preocupa Kjetil: "Pra mim, é difícil prever como vai ser, justamente por misturar dois públicos diferentes. Mas acredito que vai ser bom, porque, como já fizemos uma tour pela América do Sul, sabemos são os fãs daí. Então, acho que não vai haver nenhum problema." Ele diz que o repertório sofrerá algumas alterações em relação ao que apresentaram recentemente na Europa, na turnê com o Therion: "Vamos incluir mais músicas do disco novo no set list. Além disso, naturalmente vamos tocar temas de todos os nossos outros álbuns. Ainda não fechamos o repertório, mas tenho certeza de que vai ser algo de que o público brasileiro irá gostar", garante o vocalista.

Para finalizar, ele recorda a passagem anterior da banda por aqui: "Só trouxemos boas lembranças do Brasil", afirma. "Lembro que participamos de uma sessão de autógrafos e havia uma quantidade enorme de fãs, foi muito legal. Também lembro que o show de São Paulo foi incrível, adoramos tocar no Brasil. Ficamos todos muitos felizes por ter tido a oportunidade de nos apresentar no seu país e não vemos a hora de desembarcar aí de novo", finaliza.



Texto: Antonio Carlos Monteiro e Fernando Souza Filho

Comentários (12)

moloidi
1. moloidi 19/05/05 1:30

muito massa pode cre

legiaoforever
2. legiaoforever 19/05/05 2:25

Queria ser como os outros
e rir das desgraças da vida
ou fingir estar sempre bem
ver a leveza das coisas com humor
mas não me diga isso
e so hoje e isso passa
só me deixe aqui quieto
isso passa
amanha é um outro dia nao é
eu nem sei porque me sinto assim
vem de repente um anjo triste perto de mim
e essa febre que não passa
e meu sorriso sem graça
não me dê atenção
mas obrigado por pensar em mim...
( Legião Forever )

tulipa
3. tulipa 19/05/05 8:28

Oi...Essa imagem que vc postou no Dia 06/05/05.

neptunegirl
4. neptunegirl 19/05/05 9:17

oieeeeee!!!!
seria muito bom se eu fizesse aquilo q vc disse...
mas aí,eu ia deixar de ser vítima e a pessoa lá deixaria de ser o
culpado.Nossos papéis na história iriam se inverter infelismente...
num conheço essa banda naum....
Parece ser bem legal!
Adoro gothic metal!!!
Vou procurar baixar umas músicas deles!
bjus.

noosso
5. noosso 19/05/05 11:20

Pode crer essa banda é massa ehehe.
NO_OSSO!!!
BJos aew pra vc mina!

insidepunk
6. insidepunk 19/05/05 12:28

O Dvd do tristania tah massa pena q eh muito pequeno ,
mas a banda eh show de bola!

oslisergicos
7. oslisergicos 20/05/05 0:31

owwwwwwwww eu to na net, mais o msn naum qr entrar!
depois a gnt tc
bjaum
adoro ôce

marinaphb
8. marinaphb 20/05/05 0:42

se de(+ pra sim) a gnt vai
vou durmirrr agora
bjaum
te amu

marinaphb
9. marinaphb 20/05/05 0:55

minina onde eh q tu tah???
entra no script.. soh tah entrando lah... putzz!!!
to te esperando!!! hehehe
bjuss

rockinheart
10. rockinheart 20/05/05 1:14

Kraaalhu..
Textão,hein?!
Mas li todinhu..
Pq AMúúúú ouvir TRISTANIA..i por coincidência tava até vendu uns clipes
hj..
A Vibeke manda ben d+++++..
Bjuskos Beca!!
TADORU..
By Lalá

larapia
11. larapia 20/05/05 12:24

linda imagem..... brigado pela visita... volte sempre.. te adicionei blz?
add eu tmb ! rss fui

thaizinharock
12. thaizinharock 20/05/05 14:03

oie vlw pela moral lá no meu flog Bjão fuixxxxxxxx

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.