10/11/04 - 23h:07mDenunciar

SATANISMO

SATANISMO

O Deus romano, Lucifer, foi o condutor de luz, o espírito do ar, a personificação da iluminação espiritual. Na mitologia crista ele se tornou sinônimo de demônio, que era somente o que se esperava de uma religião cuja real existência e perpetuada por definições vagas e valores fraudulentos! É o momento de definir um critério correto. Falsos moralismos e ocultismos imprecisos precisam ser corrigidos. Diversão e o quanto eles precisam se ocupar, muitas historias e brincadeiras sobre a devoção ao demônio precisam ser reconhecidas como os absurdos obsoletos que eles são. Foi dito "a verdade tornara o homem livre". A verdade sozinha nunca torna ninguém livre. E somente a duvida que trará emancipação mental. Sem o maravilhoso elemento da duvida, o vão por onde a verdade se move seria firmemente fechado, impenetrável pelo mais ativo seguidor de mil Lucifers. Como compreender que a Sagrada Escritura poderia se referir ao Monarca Infernal como o "Pai das Mentiras" - um magnífico exemplo de inversão de caráter. Se alguém acredita na acusação teológica que o demônio representa a falsidade, então seguramente precisa concordar que foi O HOMEM, NAO DEUS, QUE ESTABELECEU TODAS AS RELIGIOES ESPIRITUAIS E QUEM ESCREVEU TODAS AS BIBLIAS SAGRADAS! Quando uma duvida e seguida de outra, a fraude, acrescida abundantemente de longas e acumuladas falácias, ameaça se romper. Para aqueles que já duvidam de supostas verdades, este livro e revelador. Então Lucifer terá renascido. Agora e o momento da duvida! A fraude ou a falsidade esta se rompendo e seu som e o urro do mundo!

E uma falsa concepção popular que o satanista não acredita em Deus. O conceito de "Deus", como interpretado pelo homem, tem sido tão vasto em todas as épocas, que o satanista simplesmente aceita a definição que melhor se adapta a ele. O homem sempre criou os seus deuses, melhor que seus deuses o criaram. Deus e, para alguns, benigno - para outros, aterrorizador. Para o satanista, "Deus" - por qualquer nome que seja chamado, ou simplesmente por nenhum - e visto como um fator de equilíbrio na natureza, e não como sendo afeto ao sofrimento. Esta forca poderosa que permeia e equilibra o universo e tão distantemente impessoal para se interessar pela felicidade ou miséria das criaturas de sangue e carne nesta sórdida esfera em que vivemos.



Qualquer que pense em Satã como um demônio deveria considerar todos os homens, mulheres, crianças e animais que morreram porque foi a "vontade de Deus". Certamente uma pessoa se afligindo com a ultima perda de um ente querido preferiria muito mais o seu ente querido com ele do que nas mãos de Deus! Ao contrario, eles são falsamente consolados pelo clérigo que diz "Foi a vontade de Deus, meu caro!"; ou "Ele esta nas mãos de Deus agora, meu filho." Deste modo, frases tem sido um modo conveniente para os religiosos desculparem ou perdoarem a falta de misericórdia de Deus. Mas se Deus possui completo controle como ele supõe ter, por que ele permite estas coisas acontecerem? Ha muito tempo os religiosos recaem nas suas bíblias e livros de regra para aprovar ou desaprovar, justificar, condenar, ou interpretar.



O satanista concebe que o homem, e a ação e reação do universo, e responsável por tudo, e não desencaminha a si mesmo pela opinião que alguém expresse. Daqui a pouco, nós nos sentaremos de novo e aceitaremos o "destino" sem fazer nada para muda-lo, exatamente porque assim se diz indeterminado na Capela, inexprimível no Salmo - e assim e que e! O satanista sabe que rezar não faz absolutamente nenhum bem - de fato, na verdade diminui a chance de sucesso, pois os religiosos devotos muitas vezes sentam-se de volta complacentemente e oram por uma situação que, se eles fizessem alguma coisa pelo seu próprio modo, teriam sucesso muito mais rápido!



O satanista evita termos como esperança e oração, pois eles são indicativos de apreensão. Se nos esperamos e rezamos para alguma coisa vir, não agiremos de forma positiva para faze-la acontecer. O satanista, compreendendo que tudo que ele obtém e de sua própria ação, toma comando da situação em vez de rezar a Deus para que a coisa aconteça. Pensamento positivo e ação positiva torna consistente o resultado.



Do mesmo modo que o satanista não reza a Deus por assistência, ele também não reza pelo perdão de seus erros. Em outras religiões, quando alguém comete um erro ele também ora a Deus pelo perdão, ou confessa a um intermediário e pergunta a ele como rezar a Deus pelo perdão dos seus pecados. O satanista sabe que rezando não faz nenhum bem, confessando a um outro ser humano, como ele mesmo, realiza igualmente menos - e é, alem disso, degradante.



Quando o satanista comete um erro, ele entende que e natural efetuar um engano - e se esta verdadeiramente arrependido do que causou, aprendera com isto e tomara cuidado para não fazer a mesma coisa de novo. Se não esta honestamente arrependido sobre o que fez, e sabe que fará a mesma coisa repetidamente, não terá nenhum trabalho confessando e pedindo perdão em primeiro lugar. Mas isto e exatamente o que acontece. Pessoas confessam os seus pecados para que possam iluminar as suas consciências - e estarem livres para sair e pecar de novo, geralmente o mesmo pecado.



Ha igualmente muitas interpretações de Deus, no senso comum do vocábulo, assim como ha vários tipos de pessoa. As imagens variam desde a crença em um Deus que e uma qualidade vaga da "mente cósmica universal" ate uma divindade antropomórfica com uma longa barba branca e sandálias que guarda o rasto de cada ação de cada individuo.



Do mesmo modo, dentro dos limites de uma dada religião as interpretações de Deus diferem grandemente. Algumas religiões atualmente vão tão longe atualmente que rotulam qualquer um que pertence a uma outra seita, do que a sua própria, um herege, ainda que a totalidade das doutrinas e impressões de reverencia a Deus sejam praticamente a mesma. Por exemplo: Os católicos acreditam que os protestantes estão condenados ao Inferno simplesmente porque eles não pertencem a igreja católica. Do mesmo modo, muitas seitas religiosas da fé crista, tais como as igrejas evangélicas e de renovação, acreditam que os católicos são cristãos que veneram imagens esculpidas. (Cristo e representado na imagem que e a mais fisiologicamente similar para o individuo que o venera, e mesmo os cristãos criticam os católicos pela adoração de imagens esculpidas.) E os judeus sempre foram conhecidos pelo seu nome diabólico.



Igualmente, sempre em toda parte Deus em todas as religiões e basicamente o mesmo, cada um considera o caminho escolhido pelos outros como repreensível e, acima de tudo, religiosos na verdade rezam pelo outro! Eles desprezam os seus irmãos do caminho da mão direita porque suas religiões trazem diferentes classificações e, de algum modo, a animosidade precisa ser liberada. Que melhor caminho do que pela oração? Que maneira educada mais simplória do que dizer: "Eu odeio suas entranhas", e o sutil e dissimulado artifício conhecido como rezar pelo seu inimigo! Rezar pelo seu próprio inimigo e nada mais do que a barganha básica da ira, e de uma qualidade indubitavelmente desonesta e inferior!



ONZE REGRAS SATÂNICAS NA TERRA

1 Nunca dê opiniões ou conselhos, a monos que seja perguntado;



2 Nunca conte suas dificuldades aos outros, a menos que esteja certo que eles queiram ouvi-las;



3 Quando no lar de outrem, mostre-lhe respeito ou nunca vá lá;



4 Se um convidado em seu lar lhe ofende, trate-o cruelmente e sem piedade;



5 Nunca faça avanços sexuais a menos que você receba o sinal de acasalamento;



6 Nunca apanhe o que não lhe pertençe, a menos que seja um peso para a outra pessoa e ela implore pra ser ajudada;



7 Reconheça o poder da mágica se você a tem empregado com sucesso para obter os seus desejos. Se você negar o poder da mágica de pois de tê-la evocado com sucesso, perderá tudo o que obteve;



8 Nunca se queixe de nada que não necessite pra si;



9 Nunca moleste crianças;



10 Nunca mate animais não humanos, a menos que você seja atacado ou para comer;



11 Quando caminhando em território aberto, não aborreça ninguém. Se alguém lhe aborreçe, peça-o para parar, se ele não parar, destrua-o!





BAPHOMET

O símbolo de Baphomet foi usado pelos Cavaleiros Templários para representar Satã. Através das épocas este símbolo tem sido chamado por muitos nomes diferentes. Entre eles estão: The Goat of Mendes, The Goat of a Thousand Young, The Black Goat, The Judas Goat, e talvez mais apropriadamente, o bode espiatório.





O Baphomet representa os Poderes das Trevas combinados com a fertilidade procriadora da cabra. Em sua forma pura o pentagrama é mostrado circundando a figura de um homem nos cinco pontos da estrela: três pontos em cima e dois pontos embaixo simbolizando a natureza espiritual do homem. No satanismo o pentagrama também é usado, mas desde que o satanismo representa os instintos carnais do homem, ou o oposto da natureza espiritual, o pentagrama é invertido para acomodar perfeitamente a cabeça da cabra - seus chifres, representando a dualidade, impelidos para a frente em desafio; os outros três pontos invertidos, ou a trindade negada. As figuras hebraicas em torno do círculo do símbolo, no exterior, que suporta os ensinamentos mágicos da Cabala, esclarece perfeitamente Leviatã, a serpente do abismo das águas, e identificado com Satã. Estas figuras correspondem aos cinco pontos da estrela invertida.



OS NOVE PECADOS SATÂNICOS

ESTUPIDEZ - Está no topo da lista dos pecados satânicos. É o pecado principal do Satanismo. É tão ruim que estupidez não é dolorosa. Ignorância é uma coisa, mas nossa sociedade floresce incrementando a estupidez. Isto depende das pessoas irem adiante com tudo que lhes dizem. A mídia promove uma estupidez cultivada como uma postura que não somente é aceitável como louvável. Satanistas precisam aprender a ver através dos embustes e não se dispor a ser estúpido.



PRETENSÃO - Postura vazia pode ser muito irritante e não se aplica às regras principais da mágica inferior. Na mesma condição da estupidez pela qual mantém o dinheiro em circulação nestes dias. Cada um é feito para se sentir como um fardo pesado, quer se igualem às suas posses ou não.



SOLIPCISMO - Pode ser muito perigoso para os Satanistas. Projetando suas reações, respostas e sensibilidades em qualquer um que é menos responsável que você. É um equívoco esperar que as pessoas lhe dêem a mesma consideração, cortesia e respeito que você naturalmente lhes dá. Elas não o farão. em vez disso, os satanistas devem se empenhar em aplicar o dito "faça aos outros como eles fazem a você". é trabalhoso para muitos de nós e requer constante vigilância para que você não escorregue na ilusão confortável de cada um ser como você. Como tem sido dito, certas utopias deveriam ser ideais numa nação de filósofos, mas infelizmente (ou talvez felizmente, do ponto de vista maquiavélico) nós estamos longe deste ponto.



AUTO-ENGANO - Está nas Nove Declarações Satânicas mas merece ser repetida aqui. Outro pecado importante. Não devemos pagar homenagem a nenhuma das vacas sagradas apresentadas a nós, incluindo as funções que esperamos disputar. O único momento de auto-engano que deveria ser introduzido é quando é por divertimento, e com atenção. Mas então, não seria auto-engano!



CONFORMAÇÃO DE MASSA - Isto é óbvio de uma posição satânica. Tudo está certo de conformidade com os desejos de uma pessoa, se finalmente a beneficia. Mas somente tolos seguem adiante com a massa, deixando uma entidade impessoal ordená-lo. A chave é escolher um mestre sábio em vez de ser subjugado pelos caprichos de muitos.



FALTA DE PERSPECTIVA - De novo isto pode se tornar um punhado de dor para o satanista. Você nunca pode perder a visão de quem e o que você é, e qual ameaça que você pode ter, pela sua própria existência. Nós estamos fazendo história agora, todo dia. Sempre guarde o enorme quadro histórico e social na mente. Esta é uma chave importante tanto para a mágica inferior, quanto para a mágica superior. Veja os padrões e ajuste as coisas como espera que as peças caiam em cada lugar. Não se balance pelas repressões de massa - saiba que você está trabalhando inteiramente num outro nível do resto do mundo.



NEGLIGÊNCIA AOS PASSADOS ORTODOXOS - Esteja alerta que este é uma das chaves de lavagem cerebral em aceitar algo como novo e diferente quando, na realidade, é algo que era outrora amplamente aceito mas agora é apresentado numa nova roupagem. Esperamos delirar com a genialidade do criador e esquecemos o original. Isto é feito para uma sociedade alienada.



ORGULHO CONTRAPRODUTIVO - O segundo vocábulo é importante. Orgulho é necessário no ponto em que você começa a abandonar a sua banheira de bebê. a regra do Satanismo é: Se isto trabalha pra você, ótimo. Quando parar de trabalhar para você, quando tiver se retratado num canto e o único caminho de saída for dizer "Sinto muito, eu cometi um engano, desejava que pudéssemos nos ajustar de algum modo", então faça-o.



FALTA DE ESTÉTICA - Esta é a aplicação física do fator de equilíbrio. Estética é importante na magia inferior e deverá ser cultivada. É óbvio que ninguém pode ganhar dinheiro fora dos padrões clássicos de beleza forma que, na maioria do tempo são então desencorajados numa sociedade consumista, mas "um olho" para a beleza, para o equilíbrio, é uma ferramenta satânica essencial e deve ser aplicada para a eficiência de uma mágica melhor. Não é o que é suposto ser prazeroso - é o que é. estética é uma coisa pessoal, que reflete a própria natureza de alguém, mas há um prazer universal e configurações harmoniosas que não podem ser negadas.



DEMONOLOGIA



Abaddon - Destruidor (Do Hebraico), Conselheiro. Dito ser chefe dos demônios. Considerado às vezes como o anjo destruidor.



Abdiel- (árabe) tem significado para os escravos de “ Abd “. Senhor de escravo/escravidão.



Abduxuel - (Enoquia) uma das réguas demoníacas das mansões lunares.



Abigor - (desconhecido) alegada um demônio do guerreiro que comande sessenta legiões. Nomeiado como o deus do duque grande do inferno. Aparece em um formulário agradável. Também Abigar - pode premeditar o futuro e dá o conselho militar.



Aclahayr - (desconhecido) da quarta hora do Nuctemeron, o espírito do gênio.



Adad, Addu - (babilônia) deus da tempestade.



Adramalech - diabo (de Sumaria). Comandante do inferno. Chanceler de regiões infernal. Em Assíria onde foi adorada, as crianças foram queimadas supostas em sua furia.



Adriel - mansões da lua entre os demônios de Enoquia.



Aeshma, Aesma - (persa) um de sete arcanjos dos persas. Adotado mais tarde na mitologia hebraica como Asmodeus. Foi gravado no historia por ao menos três mil anos. Dito ser um pequeno demônio cabeludo capaz de fazer homens executar atos cruéis.



Ahazu-ahazu-demon - demônio da apreensão da noite.



Agaliarept - (hebraico) comandante dos exércitos. General do inferno - Grimório de Aussi do papa Honório..



Agares ou Aguares - Diabo (desconhecido). Os estados Agares da hierarquia são os demônios da coragem.



Agathodemon - (egípcio) um demônio bom adorado pelos egípcios.



Agramon - demônio (desconhecido) do medo



Agrat-bastão-mahlaht - umas das esposas e da demonista de Satan dos prostituídos.



Ahpuch - diabo (de Mayan).



Ahriman - diabo (de Mazdean). Ahremanes era o nome dado aos anjos caídos pelos persas.



Alastor - o demônio cruel (desconhecido) chama “o executado.”



Aldinach - (egípcio) demônio de A que causa desastres naturais (isto são inundações, furacões, furacões, terremotos).



Allocen - um dos 72 espíritos de Salomão.



Alocer, Allocer - duque grande (desconhecido) do inferno. Um de 72 espíritos de Salomão.



Alu-Demon - demônio da noite (do Semítico).



Amaimon - um dos 72 espíritos de Salomão.



Amaymon - espírito mal, rei do sul.



Amducious - (hebraico) o destruidor. Também Amducias - duque grande de Hades. Um demônio da música.



Amon, Ammon - (egípcio) exponha ao sol o deus bem como Lúcifer exceto a reprodução e a vida dos controles. Veja também Amaimon, Amoymon, Amaymon, e Aamon.



Amy - um dos 72 espíritos de Salomão. Dito ser presidente supremo do inferno. Negociará o conhecimento para a alma humana.



Anamelech, Anomylech - portador (do assariam) da notícia má. Um demônio obscuro. Seu nome significa “ o rei bom “. A reivindicação Anamelech de algumas fontes é o deusa da lua quando Andramalech for o deus do sol.



Andras - deus (desconhecido) das discussões. Marquês grande do inferno.



Andrealphus - um dos 72 espíritos de Salomão.



Andromalius - um dos 72 espíritos de Salomão.



Anini - um dos 72 espíritos de Salomão.



Anneberg - demônio (do alemão) das minas.



Ansitif - irmã possuída (desconhecida) Bárbara de Sr. Michael em 1643 durante as possessões.



Apollyn - (grego) um outro nome para Satan.



Ardat-Lile - (Semítico) um fêmeo espírito/demônio que devastador dos seres humanos e desmanchador dos casados nas moradias dos homens.



Arioch - demônio (desconhecido) da vingança. Entrega a vingança somente quando convidado.



Arphaxat - (desconhecido) o demônio que possuiu Loise de Pinterville.



Ashtaroth, Astaroth (Phonician) - deus da luxuria, sedução. Mesmos que Ishtar. Macho graduado na mitologia cristã - senhor tesoureiro do inferno. Príncipe dos acusadores e dos inquisidores. Demônio da vaidade e de aberturas. Um dos 72 espíritos de Salomão.



Asmodeus, Asmoday - deus (do hebraico) da luxuria. Um demônio o mais geralmente envolvido nos casos da possessão. Evoluído do Aeshma persa. Veja Aeshma.



Astarte - rainha dos espíritos dos mortos.



Aym - duque grande (desconhecido) do inferno. Também Haborym.



Ayperos - príncipe (desconhecido) do inferno. Subordinado em Grimório do papa Honório.



Azazel - (hebraico) deus/demônio da guerra. Veja também Azael.



Baal - diabo (hebraico) de Bael. Meios “ o senhor.” Os canaanites adoraram Baal e aprenderam os rituais em que as crianças foram queimadas para o sacrifício. Este demônio é o primeiro monarca do inferno e aparece como uma besta dirigida três. Bael é citado no Grimório grande como o general comandante exércitos infernais.



Baalberith, Balberith - (canaanite) o senhor da convenia fez mais tarde o deus da morte. Um mestre dos demônios da aliança infernal. Em algumas hierarquias é a secretária dos arquivos do inferno. Demônio da blasfêmia e do assassinato.



Baalzephon - (canaanite) capitão da proteção e das sentinelas do inferno.



Babael - proprietário (desconhecido) das sepulturas.



Balaam - cobiça e ganância (do hebraico).



Balan - o demônio (desconhecido) de A disse ser elevado na monarquia. O demônio das sutilezas e das astúcias. Também um príncipe do inferno.



Balban - (desconhecido) um demônio do desilusão.



Baltazo - (demônio de Unk) O que possuiu Nicole Aubry de Laon em 1566.



Baphomet - deus dos Templários. Adorado como Satan. O Templar é pensamento, por algum, para ser uma das seitas os mais adorado da Demonologia.



Barbas - (desconhecido) um demônio dos mecânicos de acordo com algumas hierarquias.



Barbetos - duque (desconhecido) de Hades.



Bar-Lgura - (Semítico) demônio do tipo do gargoyle de A que é dito se sentar sobre casas e pousar nos habitantes.



Barqu -(Ucrânia) o demônio que mantém os segredos da pedra dos filósofos.



Barzabel - associado com o Machidael e o Barchiel.



Bast – deusa (Egípcio) do prazer. Representado por um gato.



Bathym, Bathim, Bathin - (desconhecido) veja também Marthim. Demônio dos ervas e de pedras preciosas. Um dos 72 espíritos de Salomão.



Bayemon - (desconhecido) de acordo com o Grimório do papa Honório um demônio reinando do monarca que presidem sobre a região infernal ocidental.



Bechard, Bechaud - demônio (desconhecido) da mencionada na chave de Salomão como o demônio das tempestades. Demônio das forças naturais.



Beelzebub, Beelzebuth, Belzebath - (hebraico) senhor das moscas. Entre os demônios responsabilizados pelas possessões demoníacas. Chefe de deuses falsos.



Behemoth - (hebraico) um outro nome para Satan.



Beherit - (Síria) um outro nome para Satan.



Belial ou Beliar - (hebraico) a terra elemental. A especulação sugeriu que o Belial conhecido vem ‘ significado “ do ya hebraico, do beli da frase sem valor.” Príncipe do malandragem. Um dos 72 príncipes de Salomão.



Belphegor, Belphegore, Baalphegor - (Moabites) Demônio da descoberta, da invenção e dos ricos.



Berith - um dos 72 espíritos de Salomão.



Biffant - (desconhecido) o demônio que possuiu alegada Denise de la Caille.



Bifrons - demônio (desconhecido) da astronomia, da geometria, e das outras tais ciências. Um demônio que ilumine luzes estranhas acima dos túmulos dos mortos.



Bile - (do céltico) deus do inferno.



Bileth - um dos 72 espíritos de Salomão.



Blisargon - Grande sedutor (desconhecido) dos ladrões até que trouxer seus seguidores à destruição.



Botis - um dos 72 espíritos de Salomão.



Buer - (desconhecido) um demônio da segunda ordem que comanda cinqüenta legiões. Um dos 72 espíritos de Salomão



Bune - (o desconhecido) de demônios da morte.



Caacrinolaas - demônio (desconhecido) do conhecimento de artes liberais. Aparece como um Griffon. Presidente também grande do inferno. Também Caasimolar ou Glasya.



Cambions - prole (desconhecida) de Incubi e de Succubi.



Carreau - Mercilessness.



Cassiel, Caspiel - régua (desconhecida) de Saturno.



Caym, Caim - presidente grande (desconhecido) do inferno. Um dos 72 espíritos de Salomão.



Chamos - nenhuma descrição.



Charon - Barqueiro do inferno. Almas das balsas .



Chax - duque grande (desconhecido) do inferno. Também Scox.



Chemosh - diabo (de Moabite).



Chomie - (Enoquia) nenhuma descrição.



Cimeries - diabo (do africano).



Clauneck - demônio sobre tesouros e ricos.



Clisthert - (desconhecido) um demônio que pode mudar o dia à noite e à noite ao dia.



Colopatiron - da 9a hora do Nuctemeron, gênio. Ajusta prisões abertas.



Cresil - demônio (desconhecido) da impureza e da sujeira. Também Gressil.



Cunali - um dos demônios da 1ª hora do Nuctemeron.



Cusion - nenhuma descrição.



Dagon - (Philistine) um outro deus da serpente e um deus do oceano.



Dabriel - nenhuma descrição



Dameal, Deamiel - nenhuma descrição



Dantalian - um dos 72 espíritos de Salomão.



Decarabia - um dos 72 espíritos de Salomão.



Delepitorae, Delepitore - demonista (desconhecido) da clareza da magia.



Demogorgon, Gorgo - diabo (do grego).



Demoriel - nenhuma descrição



Diriel - nenhuma descrição



Dracula - diabo (do romano).



Eblis - deus (do Macedônios) do fogo. Também Haris.



Emma-O - régua (do japonês) do inferno.



Euronymous, Eurynomous - deus (do grego) da morte. Príncipe do inferno que alimenta em cima dos cadáveres.



Flereous, Feurety - deus (desconhecido) do fogo. Elemental do fogo usado no lugar de Satan. Tenente do inferno.



Furfur - as preensões (desconhecidas) espessas como a contagem do inferno.



Geryon - (Dante literário) Centésimo/Dragão que guarda o inferno.



Guecubu - (Eslavo) espíritos mal.



Haborym - (hebraico) um outro nome para Satan.



Hecate - deusa (do grego) do mundo e da magia. Rainha das bruxas.



Hela - deusa da morte, filha (do Teotônio) de Loki.



Ifrits - mal (do árabe), fantasma horrivel. Tornou-se Genies na mitologia persa e indiana. Associado também com o Jinns e o Divs da Pérsia.



Incubus - o demônio masculino de sedução. Dizem-se invadir sonhos de uma mulher. Anote várias soletrações: Incubus, Incubus. Plural = Incubi



Ishtar - deusa (da babilônia) da fertilidade.



Jezebeth - (desconhecido) o demônio das falsidades.



Kali - filha (hindu) de Shiva, a destruidora. Um succubus/succumbus.



Kasdeya - o livro do enoch consulta a este demônio como o “quinto satan “



Kobal - ligação (desconhecida) da hospedagem do inferno.



Kostchtchie - (Rússia) um gnomo da morte.



Leonard - (veja também Urian); demônio alemão da magia. Aparece como uma cabra preta gigante.



Leviathan - (hebraico) a serpente, o mar furioso. Adoração da serpente. Água Elemental. Almirante grande do inferno. Visto como andrógeno.



Lilith - (hebraico) no mito hebraico - primeira esposa de Adam. Esposa mais atraente a Satan. De acordo com muitos demonologistas, Lilith presides sobre Succubi. Lilith é dito tentar destruir crianças recém-nascidas. Para esta razão a prática de escrever uma fórmula à movimentação Lilith afastado em todos os quatro cantos da câmara do nascimento foi adotada pelos judeus. Lilith é a princesa do inferno.



Loki - diabo (do Teotônio).



Lucifer - (Roma) O senhor da clareza. Ar Elemental. Interpretado mal freqüentemente como sendo Satan. São dois demônios separados.



Lucifuge, Lucifuge Rofocale - diabo (Roma).



Malphas - presidente grande (desconhecido) das regiões infernais. Aparece como um corvo.



Mammon - deus (do aramaico) da riqueza & do lucro.



Mandragoras - demônios familiares (desconhecidos). São atribuídos à raiz do mandrake e aos presentes considerados de Satan aos mágicos que os conjure.



Mania - deusa (de Etruscas) do inferno.



Mantus - deus (de Etruscas) do inferno.



Mara - (budista) um demônio que tente à nada a alma.



Mastema - líder (desconhecido) da prole de humano/demônio



Melchom - (desconhecido) o tesoureiro do palácio do inferno.



Mephistopholes, Mesphito - (grego) o ordenado claro. Contrapartes de Lúcifer.



Merihim - (desconhecido) o príncipe da pestilência.



Metztli - deusa (de Asteca) da noite



Mictain - deus (Asteca) da morte



Moloch - diabo (de Feneciam)



Mormo - deus (do grego) dos espíritos.



Mullin - homem direito (desconhecido) da mão de Leonard.



Murmur - demônio (desconhecido) da música. Uma contagem do inferno.



Naamah - sedutor (do hebraico)



Naburus, Naberios - protetor (desconhecido) das portas do inferno. Associado com o Cerberos. Marquês do inferno.



Nebiros - março (desconhecido) De Acampamento do inferno.



Nergal - deus (da babilônia) do criminoso. Um segundo demônio da ordem.



Nihasa - diabo (do indiano) americano.



Nija - deus (polonês) do criminoso



Nina - Deusa da Serpente (Babilônia).



Nybras - (desconhecido) um demônio inferior que publica os prazeres do inferno.



Nysrogh- (desconhecido) um outro segundo demônio da ordem - que seja Chefe do Estado-Maior no palácio do inferno.



Orias - demônio (desconhecido) do divinação. Marquês do inferno.



Oroan - demônio (de Guiana) do eclipse.



Orthon - (desconhecido) um demônio da origem desconhecida que é dita ter laços com possessões em França e com o culto de Satanic-Masonic de Palladinism no 19o século Itália.



O’Yama - (japonês) um outro nome para Satan.



Bandeja - deus (do grego) do luxuria.



Paymon - mestre (desconhecido) de cerimônias infernal.



Philotanus - (desconhecido) um segundo demônio da ordem no serviço a Belial.



Pluto - deus (Roma) do criminoso.



Proserpine - rainha (do grego) do criminoso.



Pwcca - (Gales) Pouco em Mitos céltico derivou-se deste nome para Satan.



Pyro - príncipe (desconhecido) dos demônios da falsidade.



Pytho - (desconhecido) um demônio das mentiras. Um demônio da serpente.



Quartas – (do Latim) quarto espírito que mais aparece em algumas possessões



Rahu - diabo (hindu).



Rakshasa - aparência do demônio (da Índia) cuja no menos, horrorizando.



Raum - (desconhecido) uma contagem do inferno.



Rimmon - diabo (Síria).



Ronwe - (desconhecido) o demônio do conhecimento. Em alguns clientes - pouco demônio.



Sabazios - (Frigiam) a serpente. Adoração da serpente.



Samael - (desconhecido) pensa-se que este anjo da morte era o demônio que tentou Eva. Também o príncipe do ar. Este é um meramente outro nome para satan.



Samnu - diabo (da ásia).



Satan, Shaitan - (Satan/Hebraico Shaitan/Arábico) O Adversário. Senhor do fogo. Fogo Elemental.



Satanchia - Diabo (Hebraico/Grego). Mesmos que Satan.



Sargatanas - brigadeiro do inferno.



Sedit - Diabo (índia americana).



Sekhmet - Deusa (egípcio) da vingança.



Semiazas - (desconhecido) dito ser o chefe de todos os anjos caídos.



Sogo - diabo (do egípcio).



Shabriri - (mito judaico) um demônio que golpeia a cortina dos povos.



Shiva - (hindu) a destruidora.



Sonnilion, Sonnillon - deusa (da Armênia) do ódio.



Succorbenoth - demônio do desconfiança e dito (desconhecidos) para proteger portas e maneiras da ponte.



Succumbus, Succubus - demônio fêmea d seducão. Dito seduzir machos ao dormir. Anote várias soletrações. Plural - Succubi.



Supay - deus (do Inca) do criminoso.



T’an-t’an-mo - diabo (do chinês) do desejo.



Tchort - (russo) o nome preto de Deus. Outro para Satan.



Tezcatlipoca - deus (de Asteca) do inferno.



Tezrian - deusa (da Armênia) da guerra



Thamuz - diabo (suméria). Um embaixador do inferno. Dito ter começado a inquisição e ter inventado a artilharia.



Thoth - deus (do egípcio) dos mágicos.



Troian - demônio da noite (do russo).



Tunrida - diabo (de Escandinavo).



Typhon - (grego) um outro nome para Satan.



Ukobach ou Urobach - (desconhecido) um demônio do fogo.



Unsere - deusa (desconhecido) da magia e da fertilidade.



Uphir - (desconhecido) o médico principal do demônio no palácio do inferno.



Valafar - (desconhecido) um outro duque grande do inferno.



Veltis - (babilônia) espírito mal que assaltou Sra. Margaret.



Verdelet - mestre (desconhecido) das cerimônias da corte infernal. Demônio da segunda ordem.



Verin - (desconhecido) o demônio da embatia.



Vetis - (desconhecido) o tentador dos santuários.



Xaphan - (desconhecido) um outro demônio do fogo. proprietário das fornalhas do inferno.



Yaotzin - deus (de Asteca) do inferno.



Yen-lo-Wang - Régua (chinesa) do inferno.



Zabulon - demônio (desconhecido) que possuiu um dos cargos mais alto do inferno.



Zaebos - a contagem grande (suméria) do inferno disse ter a disposição gentil.



Zagam - rei e presidente grande (desconhecidos) de regiões infernais. Dito mudar coisas em seu oposto. Demônio da moeda falsa.



Zapan - (o desconhecido) dos reis do inferno.



Zeernebooch - monarca (do alemão) do império dos mortos.



Zepar - duque grande (desconhecido) do inferno - deus da guerra. Também Vepar e Separ.





dæeeee galera spawn o retorno hauahuahau TIPO DESKULPA A todos a demora tipo vou passa nos flogs de todos. Tipo esse texto æeeee eh grandao mais tipo eh muito bom tipo nao sou satanista mais tipo achei legal tipo saber de outras religioes, tipo espero que vcs gostei ih tipo vlwwww mesmo a todos ok ABRACAO t++.

Comentários (0)

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.