04/11/04 - 15h:47mDenunciar

+Lost?+



+Natalle+Aranha+Erico(/psyvamp)+Steph+



Music:"Killing an Arab"-The Cure



+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++
++++++++++++++++++++++++++++++

Nesta noite deixei-me vencer pela insônia. E só assim pude perceber como alua cheia chegara tarde da noite no manto negro do céu e que sua luz através da minha fina cortina de renda formava extraordinárias figuras na parede do meu quarto.

Por algum tempo limitei-me a expor nesta página textos, que não menos importantes, fazem parte do que mais gosto de compartilhar; Talvez por achá-los superficiais convido-vos a aprofundarmos no que mais nos instiga; Posso assim dizer que seja supérfulo para muitos, mas se vasculharmos com a sensibilidade da curiosidade descobriremos infinitas possibilidades, assim como descobri nesta noite de insônia coisas que não haveria contemplado se tivesse-me entregado aos sonhos.



Mas o por quê de minha insônia. Sim caros leitores vários motivos se originaram de um. Por volta das 22:00 comecei a ler já tarde (não cronologicamente, mas existencialmente) “O Estrangeiro” de Albert Camus, e a 00:00 já havia findado meu pacto com o autor (pois quando começo a ler um livro entrego-me inteiramente a ele e minha mente não descansa enquanto a última palavra não é devorada pelos meus olhos famintos, resumindo assim o pacto com o autor).

Digo-vos ao meu parecer que é um romance instigantemente agonizante perante a indiferença do protagonista a todas as normas sociais e sua impermeabilidade aos valores morais. Ao decorrer da história um homem aparentemente frio mostra-nos o teu olhar sensível ao contemplar a natureza, onde ele encontra “refúgio” de uma sociedade que não o compreende.

Como toda a obra é o espelho do autor, para que se possa compreender “O Estrangeiro” é necessário que se tenha consciência da trajetória de vida do escritor.

“Albert Camus escreveu “O Estrangeiro” quando eclodiu a 2ª Guerra Mundial (1939). Esse romance descreve a atmosfera sem esperança característica dessa época sombria. Seu protagonista é condenado por matar um árabe na praia, tudo que declara como justificativa de seu ato injustificável é que o fez “por causa do sol”. Dizer mais do que isso, tentar defender-se, significaria acatar as regras que ele recusa.

A sensação de absurdo que dita o comportamento do protagonista poderia ser interpretada com a seguinte pergunta: a vida vale a pena ser vivida? O absurdo consiste na incompatibilidade entre um anseio humano de explicação para o mundo e o mistério essencial desse mundo inexplicável, entre a consciência da morte o desejo de uma impossível eternidade, entre o sonho de felicidade, e a existência do sofrimento, entre o amor e a separação dos amantes. Constatado o absurdo, resta escolher a atitude a tomar: para Camus, trata-se de aceitá-lo e de conviver com ele. E paradoxalmente, ao tomar consciência desses, limites, ele consegue ser mais livre.”



OBS: A música “Killing an Arab”, da banda The Cure, é inspirada no romance acima.

+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++
++++++++++++++++++++++++++++++

Comentários (8)

jusmith
1. jusmith 4/11/04 19:28

Nossa Steph,legal o texto acima.Vou ver se pego o livro para ler.

deadfairy
2. deadfairy 5/11/04 10:46

oia só enfim atualizou!
Bom vo nessa
Bjinhus

sexybitch
3. sexybitch 5/11/04 19:27

† UaUUU muuuuito ***** essa foto =D BjOs Sangrentos...† FUiz-ME †

ladyindark
4. ladyindark 6/11/04 13:14

Lindaaa, ta d+ esse vsul,passa no meu quando puder.
-Blood Kisses for you_

deadfairy
5. deadfairy 6/11/04 18:20

Oi denovo!
Bjus

steph
6. steph 8/11/04 12:31

+++++++++++++++++++++++++++++++++++
P/PERFIL:
BOM SE VC PENSA ASSIM DEVE SER PQ REALMENTE GOSTOU DO Q ESCREVI! OBRIGADA.
AH, E BURRICE É RELATIVO.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++

scarcrow
7. scarcrow 9/11/04 0:48

meu fiko muito fmz essa fotu !! muito massa..1 te cudia! t+

musiclover
8. musiclover 9/11/04 17:04

Claro que gostei da retificação em relação à letra do BAUHAUS. Críticas
construtivas são sempre bem vindas. À propósito teu flog é bem interessante.
Parabéns!

Fotos postadas a mais de 15 dias não podem receber comentários.