Blog

ReTRaTo aBSTRaTo

por thaisinhabraga em 24/11/04 - 21h:10m

Minha vida anda em passos
Em rastejos...
Rastejo pelas almas que já se foram
Sou abstrata
Sou alma insensata de espírito juvenil
Procurando um sentido no nada
Sou nada ...
Sou o que me criaram
Acredito no que me falaram
Sem jamais ter visto ou tocado
Não sinto o que querem que eu sinto
O que sou ? Onde estou?
Meu mundo em lágrimas me acolheu
Meu mundo em melancolia me abraçou
Quem eu sou ? O que fazer ?
Meu mundo sozinho
Num passo ao abismo que me leva ao nada do nada
Nada além de nada
Tudo por nada
Quem por mim ?
Procuro um sentido, um amor a acreditar
Aonde me magoei, me perdi nesse lugar
Me esqueceram ali na escuridão intensa de frio absoluto
De cores coloridas em branco e preto
De nuves brancas com um céu cinza
De árvores pretas com um tom de amagura
De um coração só, a uma dor intensa
Quem sorriu ?Quem me enxergou aqui ?Quem pode dizer o que sou ?
Nada, ninguém
Meu retrato abstrato de cores e formas sem vida
Retrato de uma alma sem sentido
E eu irei para onde o infinito me levar
Num passo lento e profundo
Rastejando pelas margens de um rio de dores,
A espéra de uma onda que possa me levar direto ao fim
O fim do nada
Quem sou eu?
Nada além de nada

Ver todos