Blog

A Mascara (1º Ato) Ex-Soneto

por tiagommm em 28/12/11

A Sua mascara caiu vendo o seu próprio rosto
você nem se lembrava de como ela era
e não é nada que disse ser
Não é feia e possui o inverno nos olhos.

A sua mascara caiu
Fazia parte do seu medo
Mede de aparecer e falar o que sente

Atras da mascara-inverno
seus olhos castanhos parecem flores desabrochando

Sua boca fria
sua boca transfigura para lábios quentes
Mas ainda tem receio de deixar o velho mundo para trás


(Poema de Tiago Malta - do quinto caderno da sabedoria - 16/09/1999)

Ver todos